sexta-feira, 29 de março de 2019

Artesanato começa a produzir materiais para Páscoa


O Trabalho Educativo Artesanato com orientação da educadora Andrea Fadini está produzindo os materiais para a feira de Páscoa.


“Parece que faz tão pouco tempo que acabou o Natal e o ano novo e já estamos na Páscoa”, lembra Fadini, ao justificar a produção dos materiais.


A educadora afirma, ainda, que precisa “correr” e motivar os educandos para a produção de materiais. Um dos principais destaques desta temporada são as cestas de barbante com balão em formato de ovo, que estarão disponíveis para venda na Feira de Páscoa da turma de Artesanato.


A tradicional feira tem data prevista para ocorrer no dia 14/04. O objetivo é valorizar um bom artesanato feito com muito carinho, neta época tão abençoada que é a páscoa.

Diversão garantida na atividade de desenho em papel transparente


Dando continuidade aos trabalhos que visam exercitar o respeito e o conhecimento sobre os colegas, os educandos do Calábria se divertiram durante uma atividade que buscava estimular sua criatividade. 


O exercício consistia em contornar o rosto do colega, usando papel transparente e caneta permanente. O resultado foi muito satisfatório e a diversão foi garantida.


Segundo a educadora Karine Buglione, essa atividade teve como objetivo principal trabalhar a motricidade das crianças durante o desenho, assim como estimular o respeito perante o colega, pois alguns dos resultados foram muito engraçados.  Está é uma forma alegre de trabalhar as diferenças. 


Promovendo igualdade real e concreta



Reforçando a temática “Eu e o Outro” com o intuito de promover a empatia e o bem de todos vedada qualquer discriminação, no dia 26 de março, as turmas do Trabalho Educativo Informática na modalidade Relações Humanas, orientados pela educadora Thais N Rocha, utilizaram de diferentes metodologias para pesquisarem e debaterem sobre a evolução dos direitos humanos, o poder da cidadania e a violação das leis ainda hoje.


A educadora da turma defende que a temática é de extrema importância e também busca desmistificar sensos comuns sobre Direitos Humanos, trazendo em evidência aos adolescentes o uso da voz com efetivo para a garantia dos direitos e a extrema importância do    conhecimento sobre as leis, assim como o seu cumprimento.


“Embora ainda muitas dificuldades, é preciso darmos as mãos, lutarmos juntos por melhorias e exercer o poder de cidadania, promovendo igualdade real e concreta por garanti dos direitos e deveres de todos”, salienta Thais.

Educandos do Assistente Administrativo apresentam atividade final


Educandos do curso de Qualificação em Assistente Administrativo realizaram uma apresentação supercriativa para finalizar o módulo de Microsoft Word e apresentação pessoal.


Os jovens tiveram que superar todas as dificuldades para apresentar “Qual sua música favorita e por quê?”. Além de reforçar os conhecimentos de informática, os jovens se propuseram a desenvolver a dicção e oratória e apresentação pessoal.



Recursos como imagens, tabelas variadas, formatação, personalização de imagens e inserção de vídeos online fizeram parte da atividade. Segundo o educador da turma José Maciel, as apresentações chamaram muito a atenção de todos no sentido de saber qual o significado por trás da música escolhida para o trabalho.



“Houve emoção, pois cada música retratava um sentimento, uma lembrança, um momento vivido pelo educando que marcou de alguma forma. Os recursos do editor foram amplamente utilizados dando um belo visual ao trabalho”, comenta Maciel.


Integração anima as atividades do Artesanato do Calábria



Neste mês, a educadora Andréa Fadini do Trabalho Educativo propôs uma atividade diferenciada de integração com educandos que já eram das instituição e novos que ingressaram recentemente na respectiva atividade.


Os jovens se apresentaram em grupo e conversaram sobre o que esperam das atividades de artesanato. Além de partilhar experiências pessoais e conhecimentos prévios. A educadora também entrou no clima de brincadeira e fez uma apresentação pessoal, onde aproveitou, ainda, para explicar as regras de convivência, falar sobre a dinâmica das atividades e o que espera dos educandos.

terça-feira, 26 de março de 2019

Dinâmica introspectiva no trabalho Educativo


No mês de março a educadora Thais N Rocha, realizou com as turmas do Serviço de Convivência e fortalecimento de Vínculo a dinâmica denominada “Ilha do pensamento”.
A educadora iniciou a atividade com um momento de relaxamento ao som de uma música tranquila.


Assim que os educandos relaxaram iniciou a atividade dizendo para imaginarem uma ilha e foi pronunciando palavras de conforto. O passo seguinte foi pedir a eles que levassem alguém para essa ilha e continuassem vivendo lá e curtindo momento.



O segundo passo foi levar uma segunda pessoa. Em seguida, pediu que aos poucos fossem sentando e escolhessem palavras que representassem o motivo de terem levado essas pessoas ou o que elas representam para eles.



Com intuito de tomar conta de seus valores e do grupo, assim como o reflexo das pessoas que levaram para a ilha em suas vidas. Através do motivo e da representação saberemos alguns dos valores que são fundamentais para a nossa vida.

segunda-feira, 25 de março de 2019

CARIDADE, MUITA CARIDADE!


Queridos filhos meus!

Com todas as forças da minha alma eu vos recomendo a união fraterna, íntima, estreita, indissolúvel na caridade de Cristo. Sejamos um só corpo, uma só coração, unidos portanto na busca do Reino de Deus!

Caridade, muita caridade, principalmente caridade fraterna dentro de nossas casas e do nosso ambiente. Amemo-nos mutuamente, ajudemo-nos reciprocamente de acordo com o ensinamento de Jesus e, assim, faremos coisas grandes, faremos milagres na mística vinha do Senhor.

Estejamos atentos e vigilantes quanto a este ponto da união fraterna, porque é demasiado fácil falhar neste campo. Nós somos seres humanos e, naturalmente, podemos falhar.
Amemo-nos no Senhor. Saibamos tolerar-nos mutualmente. Sejamos generosos, suportando e esquecendo coisinhas que frequentemente ameaçam romper os laços da caridade. Todos unidos formando um só coração, revestidos do escudo da caridade! Que reine como soberana a caridade; ela é nossa “caderneta de poupança”.

Se surgisse alguma desavença, se alguma nuvem viesse escurecer o límpido horizonte da caridade, restaure-se a concórdia e a paz. Trabalhemos numa mútua harmonia. Cultivemos generosas intenções de perdão e de paz. Cuidemos, portanto, de nos aprofundarmos na santa humildade e veremos que, então, tudo dará certo.

A caridade é como o sol, penetra por toda a parte e faz o bem a todos. Somos todos filhos de um mesmo Pai que está nos Céus, somos todos irmãos em Cristo, somos todos uma única família humana, a família de Deus. Vivamos portanto uma caridade sincera, amando-nos uns aos outros.
Escritos de São João Calábria


Livro Retornemos ao Evangelho


sexta-feira, 22 de março de 2019

Alunos da Padaria têm os primeiros contatos com a panificação

No mês de março os alunos do curso de Panificação Básica deram início às atividades práticas. Após a apresentação do laboratório de aprendizagem e dadas as devidas orientações sobre o funcionamento de um ambiente de produção, os alunos da Padaria confeccionaram sua primeira receita.


O exercício foi desenvolvido por meio da produção de pão caseiro (feito à mão), cada educando pode realizar todo o processo da receita individualmente.


O objetivo da atividade é proporcionar uma aprendizagem mais completa, onde o educando tenha conhecimento das formulações por gramagem, desenvolva sensações olfativas e perceptivas e principalmente trazer para o curso receitas que tragam uma memória afetiva, já que o pão caseiro faz parte das refeições de muitas famílias.


Ao término da atividade era visível a expressão de felicidade dos educandos com o resultado das suas receitas.


Atividade física e saúde é tema do projeto Educação Integral


Educandos do Calábria do projeto Educação Integral realizam avaliação de aptidão física relacionada à saúde e ao desempenho esportivo.  Neste mês de março, os alunos estão totalmente envolvidos em baterias de testes, deixando de lado o jogo e focados na balança e na fita métrica.


Com intuito que os educandos se exercitem e saibam mais de seu corpo e seus limites, a educadora de educação física Thais Oliveira está aplicando os testes nos educandos. Ao total são 12 baterias de atividades, entre corrida de resistência, corrida de velocidade massa corporal, estatura, envergadura, salto, entre outros.


 Depois do resultado, é possível verificar em tabelas conforme a idade, gênero, como está a saúde de cada educando e etc. A proposta permite orientá-los, conscientizá-los e contribuir de alguma forma em seu desenvolvimento corporal, motor e nutricional.


quinta-feira, 21 de março de 2019

Educandos do Assistente Administrativo realizam organização da sala

Os educandos do curso de Qualificação em Assistente Administrativo realizaram atividades de organização na sala de aula na última semana. Os educandos uniram esforços para reconhecer os recursos e materiais disponíveis na sala para realizar uma etiquetação de todos os itens.


A iniciativa é uma proposta para garantir qualidade na organização do espaço. O Calábria investe no sistema 5s de qualidade. Todos os setores possuem espaços e materiais identificados para uma melhor organização.


Conforme comenta o educador José Maciel, com a participação de todos, os educandos se dividiram em grupos de preparação e montagem enquanto outro grupo colava as identificações. Foi observada a padronização e organização dos locais etiquetados.




quarta-feira, 20 de março de 2019

Alunos da Padaria estudam sobre Segurança no Trabalho


No mês de março os alunos do curso de Panificação Básica(tarde), estão tomando conhecimento sobre um importante tema da área, a segurança no trabalho.
A segurança no trabalho é um conjunto de medidas que são adotadas visando minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador.


Os temas abordados foram: Riscos de acidente e danos à saúde, toxicologia;
Riscos específicos com equipamentos de panificação e confeitaria ex: (fornos, cilindros,
modeladoras), Riscos de incêndio e de explosão; Princípios ergonômicos no ambiente de trabalho; Doenças ocupacionais, biomecânica ocupacional e coluna vertebral; mapa de riscos (simbologia).


Orientados pela educadora Cristina Balbueno os alunos realizaram atividades de pesquisa sobre os assuntos propostos e apresentaram para os demais colegas.