segunda-feira, 30 de abril de 2018

Educandos desenvolvem as suas habilidades com a letra cursiva


Uma vez por semana, os educandos do Projeto Educação Integral – Saberes da Esperança, aos cuidados da educadora Michela Carvalho, desenvolvem a atividade de caligrafia. Esta atividade é direcionada aos educandos das séries iniciais e também àqueles que necessitem melhorar as suas habilidades ou o formato da letra cursiva.


A letra cursiva é um dos grandes desafios para os educandos das séries iniciais. Isto porque a “letra emendada” exige maior concentração e coordenação motora, além de paciência por parte da criança. Este tipo de escrita é rotina em todas as escolas e ajuda a melhorar a coordenação motora fina, que é a capacidade de realizar trabalhos manuais delicados com certa facilidade. Essa modalidade também ativa várias partes do cérebro ao mesmo tempo, incentivando a concentração e atenção.




Educandos do Calábria realizam fixação de conteúdos na informática


Na terceira semana de abril, os jovens do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), do Calábria, realizaram atividades de fixação de conteúdos sobre o tema introdução ao processamento de dados.


O educador Fábio Neves explica que foi feita uma explanação sobre a invenção do computador, o que é informática, funções básicas do computador e suas ferramentas. Além da evolução da tecnologia e sistema operacional.


“Fortalecer os conhecimentos adquiridos nesse período é fundamental para preparar os educandos para outras oportunidades no futuro e evolução dos conteúdos planejados para o próximo mês”, explica Fábio.

Experiência em sala: cores de pele

 “Muitos educandos costumavam chamar a cor do lápis salmão de ‘cor de pele’, mesmo que essa não representasse a cor da sua pele. Então as turmas M1 e T1, do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, fecharam o projeto das cores, do mês de abril, com uma semana sobre as cores de pele.


Conversaram e refletiram sobre as diferentes cores de pele que temos na turma e perceberam que não existe uma mais bonita que a outra e que não devemos julgar uma pessoa apenas por sua aparência.


Na quarta-feira, dia 25 de abril, os educandos misturaram diferentes cores de tintas até cada um achar o tom da sua pele e com isso fez um autorretrato, percebendo que o termo ‘cor de pele’ pode variar muito de pessoa para pessoa” – atividade proposta e relatada pela educadora Flávia D’arco.

Jovens do Calábria aprendem sobre processamento de dados


Os educandos do Calábria do projeto Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) realizaram atividade introdutória sobre o tema processamento de dados.


O educador da turma Fábio Neves realizou a proposta no laboratório de informática da instituição, onde os educandos testaram seus conhecimentos com nove perguntas de múltipla escolha e uma elaboração escrita com o tema sistema operacional.  



“Esta atividade serviu também para que eles percebessem a sua evolução de conhecimentos deste o início do projeto até aqui. E, assim, projetar como aproveitar outras oportunidades!”, destaca o educador.

Calábria lança novo relatório de atividades



“Educar, semeando esperança”. Está é a frase motivadora inicial observada no novo relatório de atividades de 2018 do Centro de Educação Profissional São João Calábria.
O documento sinaliza a 14° edição no formato atual de relatório de atividades, que é divulgado para o público a fim de promover transparência e fomentar boas práticas em torno da assistência social.

O relatório traz os principais indicadores de 2017, em torno dos projetos sociais e cursos de qualificação ofertados na instituição. Além de servir a cada página, ainda, como ferramenta de espiritualidade calabriana através de frases e ensinamentos do patrono da Obra no mundo, São João Calábria.


É importante salientar que as operações do Calábria, além de passarem pelos controles internos, são rigorosamente auditadas por empresas especializadas. Os dados são consolidados e publicados neste relatório, que, juntamente com o balanço contábil, servem como base para as certificações necessárias ao exercício da atividade.

“O jovem traz escrito em sua fronte: sou de quem me conquistar” – São João Calábria.

Para conferir os resultados e atividades desenvolvidas, você pode acessar o site do Calábria www.calabria.com.br ou o link do documento online https://goo.gl/5edDdZ, onde é possível ter acesso direto ao material.


sexta-feira, 27 de abril de 2018

Serviço de Convivência promove ação: “Somos todos irmãos”


Durante o mês de abril, as turmas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Cuidados São João Calábria, auxiliados pela educadora Thais Rocha, refletiram sobre a temática “família e valores: a diversidade Brasileira”.


Após momentos de reflexão, vídeos, dinâmicas e diálogos sobre histórias familiares, os educandos puderam perceber o quanto a diversidade de valores está presente no dia a dia de cada um deles.

“Vivemos em um país da miscigenação, na mistura de raças, povos, culturas e de diferentes etnias. Apesar disso, precisamos ressaltar que ainda vivemos com desigualdades e isso só mudará quando levarmos a consciência de que somos todos irmãos”, defende a educadora.


Thais destaca, ainda, uma das frases norteadoras da atividade: “ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem, ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.” - Nelson Mandela.


Pães e massas folhadas na padaria do Calábria


Entre os dias 23 e 27 de abril, uma alquimia de farinha, água e fermento proporcionaram aos beneficiários do Trabalho Educativo e Educação Integral transformar a oficina Lanches Rápidos em laboratório de produção alimentar.


Preparar massas e transformá-las em aromas, sabores, formatos e texturas foi um dos objetivos da atividade ministrada pelo educador Jorge Ortis, que sempre instiga a criatividade, a concentração e o trabalho do grupo através dos alimentos, conforme o mesmo defende.


Educandos do Calábria aprendem sobre elétrica automotiva


Durante a última semana de abril, os mais de 20 aprendizes do curso de Qualificação Profissional do curso de Mecânica e Elétrica Automotiva estão aprendendo as principais peças que envolvem a carga de energia dos veículos automotores.


O educador da turma, Deivid Queiroz Nunes, afirma que os educandos estão motivados e que já nota evolução. “Estamos há uma semana trabalhando nesta parte do carro – desmontando alternadores e componentes como arranque – e já noto evolução no trabalho dos nossos jovens”, destaca.


Os educandos contam com veículos para trabalhar de forma prática, onde podem desmontar alternador, motor de partida, correias e baterias. Além da bancada de ferramentas que é completa para este tipo de trabalho. A turma T2 já está no segundo semestre de atividades no respectivo curso.


“A nossa função é treinar os jovens para identificar qual é o problema quando o carro não tem carga na bateria. Temos que fazer um processo de eliminação. Eles já montaram umas quatros vezes cada peça, pois nem todos alternadores são iguais”, explica Nunes.

Educandos do Design de Multimídias trabalham no CorelDraw


Os educandos do curso de qualificação em Design Multimídia estão aprendendo novas ferramentas no software CorelDraw, sobretudo para aprender a criar formas e efeitos visuais para vídeo e web.


Em pouco menos de um mês de curso, os educandos já tiveram a oportunidade de manusear essa ferramenta. O CorelDraw é um programa para criação de desenhos com vetores, ou seja, retas com direção, sentido e comprimento. 


É muito utilizado por designers para fazer ilustrações e montar layouts diversos, pois disponibiliza uma ampla gama de recursos para ajudar os educandos a criar designs gráficos, brochuras, imagens da Web, anúncios para redes sociais, fotos ou qualquer projeto original.

Educandos apresentam trabalhos sobre a diversidade cultural brasileira



Na segunda semana de abril, na aula de Temas Transversais, os educandos da turmas do Curso de Assistente Administrativo T1, junto da educadora Simone Hugo, trabalharam sobre Diversidade Cultural Brasileira. 


Os educandos apresentaram trabalhos em grupo sobre a formação da cultura brasileira nas suas regiões, normas e valores da sociedade desenvolvidas a partir da diversidade cultural e suas relações sociais.


Educandos da Mecânica estudam sobre Direitos Humanos


Os direitos humanos são aqueles direitos inerentes a todos os seres humanos, independentemente de raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião, orientação sexual ou qualquer outra condição.


 Todos os seres humanos, sem distinção, têm o direito à vida e à liberdade, à liberdade de opinião e de expressão, o direito ao trabalho e à educação, entre muitos outros direitos. 


Por se tratarem de direitos fundamentais, abordar os Direitos Humanos com os educandos no Calábria, espaço de convivência e construção de conhecimento e cidadania, é uma necessidade. Esse foi o tema trabalhado junto aos educandos das turmas do Curso de Mecânica M1 e T1, com a educadora Simone Hugo, na aula de Temas Transversais. 


Os educandos tiveram a oportunidade de discutir sobre o que são Direitos Humanos e sua importância na garantia da dignidade das pessoas e nas relações de igualdade, democracia e direitos que regem a sociedade.


Alunos da Padaria desenvolvem trabalho em equipe


Na última semana de abril, os educandos do curso de Padaria e Confeitaria (tarde), orientados pela educadora Cristina Balbueno, realizaram exercícios sobre trabalho em equipe.


Segundo a educadora, este é um conceito cada vez mais valorizado no ambiente profissional. Ter agilidade para desenvolver trabalhos em conjunto tem sido uma das qualidades mais exigidas nos processos de contratação.


“Trabalhar em equipe significa criar um esforço coletivo para resolver um problema. São pessoas que se dedicam a realizar uma tarefa visando concluir determinado trabalho, cada um desempenhando uma função específica, mas todos unidos por um só objetivo, alcançar o tão almejado sucesso”, defende a educadora.


No trabalho em equipe, cada membro sabe o que o outro está fazendo e reconhece sua importância para o sucesso da tarefa. A atividade em conjunta com os educandos foi realizada através da elaboração de pães recheados, onde todos participaram do processo de composição da receita. De acordo com os educandos o método de exercícios foi muito produtivo e todos saíram satisfeitos.

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Design Multimídia traz Adobe Illustrator na atividade

Os educandos do Calábria do curso de qualificação em Design Multimídia começaram a aprender os principais recursos do software de edição de fotos, ilustração digital e desenho vetorial, Adobe Illustrator.


“O universo do design multimídia está em constante evolução, tornando o seu acompanhamento uma verdadeira arte, já que a cada ano o mercado exige profissionais mais preparados e qualificados”, afirma o educador da turma, Gustavo Van Der Straeten
No final dessa caminhada, os jovens serão capazes de criar diversas peças publicitárias, como banners, cartazes, logotipos. Além de técnicas importantes para a criação de ilustrações, bem como de tornarem-se aptos para buscar suas próprias soluções no uso do software.


As aulas são interativas e práticas, visando explorar o ambiente real do software, de modo que no futuro o aprendiz consiga buscar suas próprias soluções através dele. Com essa metodologia, o educando é posto como centro da atenção por meio de atividades exclusivas que, no final, resultarão em projetos finais.

Gratidão no projeto Educação Integral


Para finalizar o mês de abril, os educandos do projeto Educação Integral-Saberes da Esperança, dentro da oficina de informática com o educador Rafael Moreira, estão criando apresentações no Open Office sobre tudo que são gratos na vida.


O educador realizou uma apresentação do tema usando slides e mostrou para a turma os três níveis de gratidão segundo São Tomás de Aquino. Após este momento, o educador da turma Rafael lançou a seguinte pergunta: “Quem conhece São Tomás de Aquino?


Segundo o relato do educando Vitor Gabriel Tavares, os três níveis de gratidão são: 1º somos gratos por educação, não necessariamente se está grato mesmo. 2º nesse encontramos a satisfação por algo que nos foi feito. Estamos realmente agradecidos. 3º é quando de tão grato que estamos que criamos o vínculo com quem nos ajudou. Quem chega ao terceiro conquista um amigo.


Após essa pesquisa e reflexão, o educador Rafael, ao som da música instrumental Ave Maria, convidou a todos que refletissem com os olhos fechados sobre o que cada um é grato. Todos se dirigiram até a porta da nossa capela e em roda conversaram sobre tudo que cada um é grato.


Para fechar a aula os educandos no retorno ao laboratório de informática construíram uma apresentação usando o Open Office editor de apresentação para ilustrar a sua gratidão.
“Eu sou grato por estar no Calábria aprendendo todas as manhãs”, afirma o educando Willian Ody.


quarta-feira, 25 de abril de 2018

Serviço de Convivência descobre histórias familiares


“O nome é o primeiro passo para conhecer alguém. É a primeira identificação e formação da identidade: Quem sou eu?”


Pensando nisso, durante o mês de abril, as turmas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Cuidados São João Calábria, auxiliados pela educadora Thais Rocha, realizaram pesquisas sobre o significado de seus nomes e a origem dos sobrenomes.


A educadora explica que os jovens também puderam conhecer mais sobre seus familiares e, com capricho e criatividade, construíram belíssimas árvores genealógicas.


Após este momento, os jovens partilharam suas descobertas. “A busca pela origem dos nomes das famílias é uma das formas de obtenção dos registros que permitem conhecer a nossa história, os nossos antepassados”, comenta a educadora.