segunda-feira, 20 de julho de 2015

Semana da Amizade no Calábria

Os colaboradores do Calábria reuniram-se no salão de atos da instituição na última sexta-feira (17/07) para a conclusão da Semana da Amizade, com a revelação dos amigos secretos entre os setores. Foi uma semana de expectativa e movimentação no bar da instituição, onde foi deixada, desde o início da semana, uma caixinha para a troca de mensagens entre os “setores amigos secretos”. A equipe de Pastoral, que promoveu a Semana da Amizade, conduziu o momento da revelação, no Salão de Atos da instituição. 

Libanês, coordenador da Pastoral, saudou a todos e comentou: "Cinco meses já se passaram desde que fui convidado para fazer parte desta família, e às vezes me pego olhando os grupos de colegas que sentam para conversar no pátio e jardins do Calábria durante os intervalos e penso o quão linda é a amizade. Parabenizo a todos os que sabem valorizar as relações entre colegas”. Na sequência, convidou os presentes para cantar, juntamente com padre Osmar Coppi, a canção "É Preciso Cuidar". Após, rezaram juntos a oração da família calabriana, pedindo ao santo fundador, que todos vivam de modo que possam se reconhecer como membros desta família.

O ponto alto do encontro ocorreu com a partilha e a revelação dos amigos secretos. Começando pela Pastoral, os setores presentes revelaram seus amigos, comentaram sobre a importância do trabalho naquele setor e agradeceram a amizade entre os colegas. Este foi um momento muito rico de partilha, agradecimento e valorização do trabalho executado pelos colegas. Libanês concluiu com a reflexão: "Viver como Irmãos era um desejo de São João Calábria. Esforcemo-nos para viver este desejo de nosso fundador. Ao voltarmos neste momento para os nossos setores, lembremo-nos de que não estamos sós e nem vimos ao mundo para viver em uma ilha deserta e sim para fazer dela um arquipélago”. 

A Equipe de Pastoral deseja a todos um feliz Dia do Amigo!

  





















"Antes de tudo, vivermos como irmãos." São João Calábria 


Fonte: Pastoral

Nenhum comentário:

Postar um comentário