terça-feira, 9 de junho de 2015

Devemos educar semeando esperança


A equipe de Pastoral, nesta segunda-feira (08/06), ministrou formação com os educandos do Sase - Centro de Cuidados SJ Calábria intitulada: "Respeito". Os educandos foram interpelados a falar e expor suas concepções sobre o tema.


Libanês explicou que o respeito deve ser ofertado a todos, em casa, na rua, na escola, no trabalho. “Todos nós fomos criados por Deus, portanto somos lindos. Não importa se sou negro, branco, gordo, magro, cego, surdo”, disse. 


Continuou explicando que aos olhos do Criador, todos são amados de qualquer forma. “Por isto devemos respeitar nosso semelhante”, acrescentou. 


Durante a apresentação, tiveram a oportunidade de dialogar com o formador e com os educadores do Centro de Cuidados. Foi explicado que palavrão não pode ser dito de maneira alguma. 


Também que não se deve levantar a mão para o semelhante; que o mais correto é conversar, criar um diálogo franco e honesto com o agressor. “Isto não é sinal de fraqueza e sim de maturidade, de alguém que pensa”, comentou.


Após a formação, Libanês convidou todos os educandos para brincarem de telefone sem fio no pátio. Contou que era uma brincadeira que ele brincava quando criança. 


A dinâmica teve o propósito de ensinar que é possível brincar e conversar sem precisar ofender, nem usar brinquedos caros. Que o simples também chama a atenção!!! 


Quando terminou a formação, Libanês entregou para as educadoras um exemplar do telefone sem fio de copo plástico e barbante, para que seja confeccionado em sala de aula e todos possam durante o mês lembrar-se de respeitar o outro no diálogo e na amizade.



Fonte: Pastoral

Nenhum comentário:

Postar um comentário