terça-feira, 30 de setembro de 2014

Tarde de sol no calçadão de Guaíba

Este foi o clima do passeio mensal do POD Calábria. O dia 25 de setembro, dia do passeio, deu boas-vindas à primavera e teve como destino a cidade vizinha que leva o nome da principal via fluvial metropolitana: Guaíba.
A saída iniciou no translado do estuário do Guaíba de Catamarã. O passeio de barco é bastante agradável e ligeiro. A travessia completa dura cerca de 20 minutos. A maioria dos jovens, tal como os membros da equipe, nesta oportunidade os educadores Guilherme Rodrigues, Alexandre Kunsler e a assistente social Iara Coeli, não estavam acostumados a andar de barco, o que tornou o passeio nesse meio de transporte uma aventura.
A vista privilegiada que se tem da cidade de Porto Alegre a partir do Guaíba provocou observações e reflexões sobre o espaço da cidade, a distribuição urbana e a geografia física (morros e planícies). Instantes antes de atracar no destino, a embarcação aproxima-se da Ilha das Pedras Brancas, conhecida também como Ilha do Presídio. Esta porção de terra foi sede de um presídio durante a ditadura militar, sendo hoje um local a abandonado cheio de mistérios e histórias. Em Guaíba, o clima era de praia. Os visitantes passearam no calçadão, onde conheceram um velho pescador. O trapiche na beira é uma atração natural. Logo acima, em frente ao trapiche, todos se depararam com uma grande escadaria. Subindo até o topo, para surpresa, um grande painel do berço da Revolução Farroupilha.
Os diversos cenários possibilitaram, além de uma tarde de conversa e criação de vínculos muito saudáveis, bons momentos fotográficos e de captação de vídeos. A ida a Guaíba de Catamarã mostrou-se um passeio acessível, rápido, barato e diferenciado em relação a outras atividades de lazer. A atividade foi muito bem avaliada pelos sete jovens que participaram. A equipe técnica presente também fez uma avaliação positiva e sugere o passeio os demais projetos sociais da instituição.

Fonte: POD

Nenhum comentário:

Postar um comentário