quinta-feira, 27 de março de 2014

Campanha da Fraternidade 2014 é pauta da formação no Calábria

A Igreja do Brasil está atenta à triste realidade do tráfico humano. Tanto é que a Campanha da Fraternidade deste ano tem como tema “Fraternidade e Tráfico de Pessoas” e lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1).

A CF 2014 faz esse alerta: é preciso identificar as práticas de tráfico humano em suas várias formas e denunciá-las como violação da dignidade e da liberdade humana, mobilizando cristãos e a sociedade brasileira para erradicar esse mal, com vistas ao resgate da vida dos filhos e filhas de Deus.
O tráfico humano é grande, é presente, mas é pouco visível. Sempre pensamos que estava longe de nós. Por isso, é preciso promover campanhas de sensibilização, debates, encontros. E aí a juventude pode dar uma contribuição enorme. 
Abrir os olhos, ser inquieto, procurar informação, participar, ser multiplicador, interlocutor de outros jovens. É preciso jogar o tema nas redes sociais, acompanhar as notícias da mídia, divulgar e discutir isso seja pessoalmente seja em grupo. Essa é uma tarefa de todos. Esse é um primeiro passo: o problema existe, está aí, e é preciso divulgar.
É por isso que a formação com os alunos do Calábria neste mês visou à conscientização para as diversas situações de violência que ocorrem. Durante a semana, orientados e auxiliados pelos membros da Pastoral e pelos educadores, os alunos foram divididos em grupos, e cada grupo trabalhou uma temática: trabalho escravo na atualidade; tráfico de órgãos; exploração sexual; e trabalho infantil. A participação foi muito positiva e enriquecedora, pois com seus depoimentos, os alunos engrandeceram ainda mais o momento da formação.

Fonte: Pastoral

Nenhum comentário:

Postar um comentário