segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Abastecimento de Água da zona Sul está em situação crítica



Se não poupar, pode faltar!
Em comunicado nesta segunda-feira (30/12) pela manhã, a Prefeitura de Porto Alegre informou que o Sistema de Abastecimento de Água da zona Sul está em situação crítica há um ano. De acordo com o poder Executivo, o problema ocorre em função do forte calor no verão, do crescimento populacional e do elevado consumo e desperdício em áreas de ocupação irregular. “Todos esses fatos são agravados pelas constantes faltas de energia elétrica na região.”, explica.

Providencias aumentaram produção para 75 milhões de litros por dia
O comunicado avisa ainda que o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) tomou várias providências para sanar essa situação. Dentre elas, a duplicação da capacidade de produção de água potável da Estação de Tratamento de Água Belém Novo, que passou de 500 l/s para 1000 l/s, e a construção da nova adutora da Avenida Juca Batista, concluída em dezembro.

A adutora inicia na Estação Belém Novo e vai até a rótula da Avenida Edgar Pires de Castro. Ainda como alternativa à falta de energia, que prejudica a produção, reservação e distribuição de água, o Dmae também construiu uma estação de bombeamento com geradores a óleo diesel. “Todas essas mudanças permitiram elevar a produção de água para 75 milhões de litros por dia.”, diz a nota.

Deduzindo as perdas do sistema e considerando uma média de quatro pessoas por domicílio, a vazão de água produzida seria suficiente para atender um consumo diário de 350 litros por habitante. Se compararmos com o consumo entendido como o suficiente para atender às necessidades humanas básicas, que é de 110 litros/habitante/dia, podemos concluir que existe um consumo muito além do sustentável e que torna a conta de água fora das regras da tarifa social. A inadimplência nesta região é de 28% em relação às contas emitidas.

DMAE acionou novo grupo de motor-boma em Belém Novo
Para prestar um serviço sem intermitência nas áreas abrangidas pelo Sistema Belém Novo, o Dmae acionou, com autorização da CEEE, obtida sexta-feira, 27, mais um novo grupo motor-bomba junto à Estação de Bombeamento de Água Tratada (Ebat) Boa Vista. Esta ação permitirá a adução de mais 200 l/s, que é o projetado como deficiência de vazão para o sistema. Com este trabalho, será possível iniciar a operação da nova adutora da Juca Batista que, obtendo sucesso, permitirá a recuperação de todo o sistema.

Prefeitura pede que comunidade economize água
Porém, sem a cooperação dos moradores, o Dmae não terá condições de atender o elevado consumo de água que ocorre no verão. É necessária a adoção de medidas por parte dos usuários de redução do consumo, enquanto perdurar o calor intenso. 

A água é responsabilidade de todos.

Fonte: Meu Bairro


Nenhum comentário:

Postar um comentário