sexta-feira, 22 de março de 2013

Calábria: segurança para o mercado de trabalho



O Calábria representa a segurança de não ser só mais um jovem; para mim, é uma porta para o mercado de trabalho”, a declaração é de Mikael Lemos da Silva, 16 anos, estudante do segundo ano do ensino médio, que mora no bairro Teresópolis. Ele, que ingressou no Trabalho Educativo do Calábria quando tinha apenas seis anos de idade, nunca mais parou de aprender.

Foi aluno do curso de Manutenção de Computadores, se interessou e aprendeu artes marciais e música; gosta do som da guitarra, e é ela sua principal companhia nas horas de lazer.
Atualmente, ele cursa Marcenaria na instituição e tem muitos planos para o seu futuro. Escolheu este ramo por gostar de manusear máquinas e ferramentas, além da restauração de móveis, que é uma satisfação à parte.

Ele mora com a mãe, o padrasto e seus quatro irmãos, todos mais novos, que seguem os passos do irmão dentro dos projetos do Calábria. Como todo jovem, ele curte esportes, mas pretende seguir a carreira militar ou educação física porque sua paixão é mesmo as artes marciais.

Para Mikael, o mais importante nessa vida é aprender, e para isso, ele conta com boa vontade e uma pitada de curiosidade. “Tente fazer de tudo um pouco, com certeza vai achar algo que realmente vai te ajudar no futuro”, aconselha o rapaz.

O Centro de Educação Profissional São João Calábria há 50 nos tem a missão de propiciar o desenvolvimento de pessoas em situação de vulnerabilidade, através da acolhida e da formação humana, cristã, profissional e cidadã, para que possam crescer como indivíduos conscientes, responsáveis e solidários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário