quinta-feira, 31 de maio de 2012

Calábria participa do 4º ODM Brasil



O Calábria participou nesta quarta-feira, 30/05, da Cerimônia de entrega do 4º Prêmio ODM Brasil, ocorrida no Palácio do Planalto, em Brasília. Tendo ficado entre os 51 finalistas de 1.638 práticas inscritas, com o projeto que atende ao 8º objetivo, “Calábria Trabalhando pelo Desenvolvimento Humano”, a instituição esteve representada pelo diretor-geral, Padre João Pilotti e pela diretora-operacional, Marines Zanella.
A entrega dos troféus aos 20 primeiros colocados ocorreu na parte da manhã, com a presença da presidenta Dilma, que destacou a importância deste reconhecimento: “O Prêmio representa muito, pois reafirma a causa da justiça social, do combate à exclusão e da construção de um país sem pobreza, que precisa do engajamento de todos, sem exceção”.

Na parte da tarde, os demais 31 projetos finalistas receberam o certificado de participação e uma placa em reconhecimento ao trabalho desenvolvido. Na ocasião, o ministro Gilberto Carvalho falou da importância do trabalho em prol dos ODMs, realizado pelas organizações da sociedade civil, “que formam um verdadeiro colchão de solidariedade a acolher o povo brasileiro”, segundo ele.
Diretor-geral Pe. Pilotti e a diretora-operacional Marinês Zanella
O Prêmio ODM Brasil é uma iniciativa pioneira no mundo e foi criado em 2004 com a finalidade de incentivar ações, programas e projetos que contribuem efetivamente para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). É coordenado pela Secretaria-Geral da Presidência da República, em parceria com o Programa Nacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e com o Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade. A coordenação técnica do Prêmio é de responsabilidade do Ipea e da Enap.  

Para saber mais sobre os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), acesse:

Conselho Operacional do Calábria com a placa da ODM

Um comentário:

  1. Estimados Colaboradores e Conselho Operacional do Calábria. Parabéns por este importante reconhecimento. A causa é nobre, a missão calabriana em desenvolver as potencialidades do publico assistidos é emergente e intransferível. Parabéns!!!
    Ir. Gilnei

    ResponderExcluir